O ritmo de Deus

Quando nos recordamos daquilo que está por dentro e que nos anima,

Da chama sem nome nem medida, que arde cá dentro

Do nosso rasto feito de pó das estrelas

Do eco forte da Primeira Explosão, batendo nos nossos ossos

Viver é plena satisfação

E cada átomo de felicidade, vence todos os dias de tristeza.

E, de cada vez que nos erguemos depois da Queda, que vemos mais alto e mais longe, que o nosso ombro é tudo o que o outro precisa e que o nosso abraço é cura para o coração

Recordamos quem somos, de onde viemos e para onde vamos.

E somos deuses. E dançamos com as esferas. E amamos para sempre.

E estamos no ritmo de Deus, estamos a chegar a Casa.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s