Querer ficar bem

Vou ficar bem. Saciada com nada. Contente no silêncio.
O meu bem vai crescer e ser muralha. E ser escudo.
Não quero um bem elástico, como um espelho de contrários.
Quero o bem que resiste ao tempo e à dor e à sorte.
Aquele bem que conforta, mesmo quando tudo é desolação.
Um bem como um tesouro ou como um bálsamo.
Vou ser o bem. Para mim, esta noite. Vou escolher o bem.
Vou escolher o sorriso. Vou escolher uma cor bonita para dormir.
Vou despir a roupa do ódio e da mentira que me impuseram.
Vou descalçar os sapatos de quem me feriu e caminhar descalça.
Despojar-me dos erros dos outros, deixar de carregar o peso que não é meu.
Hoje o meu bem é a minha escolha. A minha única escolha.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s